Ryan Lerch, ryanlerch at gmail dot com

Este documento explica como usar a extensão Interpolar do Inkscape

Introdução

O Efeito Interpolar faz a interpolação linear entre dois ou mais caminhos selecionados. Basicamente significa que “preenche os espaços” entre os caminhos e os transforma de acordo com o número de passos dados.

Para usar o efeito de Interpolar, selecione os caminhos que você deseja transformar, e escolha Efeitos > Gerar a partir de Caminho > Interpolar do menu.

Antes de invocar este efeito, os objetos que você irá transformar precisam estar em caminhos. Isto é feito pela seleção do objeto e usando Caminho > Objeto para Caminho ou Shift+Ctrl+C. Se seus objetos não são caminhos, o efeito não fará nada.

Interpolação entre dois de caminhos idênticos

O uso mais simples do efeito Interpolar é para interpolar entre dois caminhos idênticos. Quando o efeito é chamado, o resultado é que o espaço entre os dois caminhos é preenchido com duplicatas dos caminhos originais. O número de passos define quantas destas duplicatas serão criadas.

Por exemplo, veja os seguintes dois caminhos:

An example image

Agora, selecione os dois caminhos, e execute o efeito de Interpolar com as configurações mostradas na seguinte imagem.

An example image

Como pode ser visto no resultado acima, o espaço entre os dois caminhos de forma circular foi preenchido com 6 (o número de passos de interpolação) outros caminhos circulares. Note também que o efeito agrupa todas estas formas.

Interpolação entre dois de caminhos diferentes

Quando a interpolação é feita em dois caminhos diferentes, o programa interpola a forma de um caminho na do outro caminho. O resultado é que você obtém a sequência da modificação entre os caminhos, com a regularidade ainda definida pelo valor dos Passos da Interpolação.

Por exemplo, veja os seguintes dois caminhos:

An example image

Agora, selecione os dois caminhos, e execute o efeito Interpolar. O resultado deve ser assim:

An example image

As can be seen from the above result, the space between the circle-shaped path and the triangle-shaped path has been filled with 6 paths that progress in shape from one path to the other.

Quando usando o efeito de Interpolar em dois caminhos diferentes, a posição do nó inicial de cada caminho é importante. Para encontrar o nó inicial de cada caminho, selecione o caminho, depois selecione a Ferramenta de Nó para que os nós apareçam e pressione TAB. O primeiro nó que é selecionado é o primeiro nó de cada caminho.

Veja a imagem abaixo, que é idêntica ao exemplo anterior, exceto pelos pontos de nós sendo exibidos. O nó verde de cada caminho é o nó inicial.

An example image

O exemplo anterior (mostrado de novo abaixo) foi feito com estes nós como pontos de partida.

An example image

Agora, note a mudança no resultado da interpolação quando o caminho triangular é espelhado para que o nó inicial esteja em uma posição diferente:

An example image An example image

Método de Interpolação

Um dos parâmetros do efeito de Interpolação é o Método de Interpolação. Existem 2 métodos de interpolação implementados, e eles diferem no modo em que calculam as curvas de novas formas geométricas. As escolhas são Método de Interpolação 1 ou 2.

Nos exemplos acima, usamos o Método 2 de Interpolação, e o resultado foi:

An example image

Agora compare isso com o Método 1 de Interpolação:

An example image

As diferenças em como estes métodos calcularm os números está além do escopo deste documento, então simplesmente experimente ambos, e use aquele que fornecer o resultado mais próximo do que você deseja.

Expoente

O parâmetro expoente controla o espaçamento entre passos da interpolação. Um expoente de 0 faz com que o espaçamento entre as cópias seja igual.

Aqui está o resultado de outro exemplo básico com expoente de 0.

An example image

O mesmo exemplo com o expoente de 1:

An example image

com um expoente de 2:

An example image

e com expoente de -1:

An example image

Quando lidar com expoentes no efeito de Interpolação, a ordem em que você seleciona os objetos é importante. No exemplo acima, o caminho em forma de estrela na esquerda foi selecionado primeiro, e o caminho de forma hexagonal na direita foi selecionado em segundo.

Veja o resultado quando o caminho da direita foi selecionado primeiro. O expoente deste exemplo foi definido em 1:

An example image

Duplicate Endpaths

Este parâmetro define se o grupo de caminhos gerados pelo efeito inclui uma cópia dos caminhos originais em que o efeito interpolar foi aplicado.

Estilo de Interpolar

Este parâmetro é uma das funções mais elegantes do efeito de interpolação. Ele diz ao efeito para tentar mudar o estilo dos caminhos a cada passo. Assim se os caminhos do começo e do fim são cores diferentes, os caminhos gerados também mudarão de forma incremental.

Aqui temos um exemplo aonde a função de Estilo Interpolar é usada para preencher um caminho:

An example image

Estilo de Interpolação também afeta o contorno de um caminho:

An example image

Claro que, o caminho do ponto de partida e do caminho de chegada também não precisam ser os mesmos:

An example image

Usando Interpolação para simular gradientes de forma irregular

Não é possível no Inkscape (ainda) criar um gradiente diferente do linear (linha reta) ou radial (redondo). Entretanto, isto pode ser simulado usando o efeito de Interpolar e o estilo Interpolar. Um exemplo simples a seguir — desenhe duas linhas de diferentes contornos:

An example image

E Interpolar entre as duas linhas para criar o seu gradiente:

An example image

Conclusão

Como demonstrado acima, a extensão Interpolar do Inkscape é uma ferramenta poderosa. Este tutorial cobre o básico desta extensão, entretanto a experimentação é a chave para explorar a interpolação ainda mais.