Este tutorial demonstrará várias dicas e truques que usuários aprenderam com o uso do Inkscape e algumas características “escondidas” que podem te ajudar a acelerar tarefas de produção.

Arranjo radial com “Ladrilhar Clones”

É fácil observar como usar a caixa de diálogos Ladrilhar clones para grades retangulares e padrões. Mas e se você precisar de um arranjo radial, onde os objetos compartilham um centro comum de rotação? Isto é possível também!

Se seu padrão radial requer apenas 3, 4, 6, 8 ou 12 elementos, então você pode tentar as simetrias P3, P31M,P3M1, P4, P4M, P6 ou P6M. Estes padrões funcionam perfeitamente para flocos de neve e afins. Entretanto, o próximo método é mais abrangente.

Escolha a simetria P1 (transição simples) e depois compense essa transição configurando na aba Deslocamento, Por linha/Deslocar Y e Por coluna/Deslocar X ambos para -100%. Agora todos os clones ficarão empilhados exatamente em cima do original. Tudo o que resta a fazer é ir para a aba Rotação e configurar algum ângulo de rotação por coluna, e então criar o padrão com uma linha e múltiplas colunas. Por exemplo, aqui está um padrão feito a partir de uma linha horizontal, com 30 colunas, cada uma girada 6 graus:

An example image

Para obter um mostrador de relógio a partir deste, tudo o que você precisa fazer é cortar ou simplesmente cobrir a parte central com um círculo branco (para fazer operações booleanas nos clones, desagrupe-os primeiro).

Efeitos mais interessantes podem ser criados usando tanto linhas quanto colunas. Aqui está um padrão com 10 colunas e 8 linhas, com rotação de 2 graus por linha e 18 graus por coluna. Aqui cada grupo de linhas é uma "coluna", assim os grupos estão a 18 graus um do outro, dentro de cada coluna, e as linhas individuais, 2 graus afastadas:

An example image

Nos exemplos acima, a linha foi girada em volta de seu centro. Mas e se você quiser que o centro fique fora da sua forma? Apenas crie um retângulo invisível (sem preenchimento e sem traço) que cubra sua forma e cujo centro esteja no ponto que você deseja, agrupe a forma e o retângulo, e então use o Ladrilhar Clones neste grupo. Assim você pode fazer “explosões” ou “explosões de estrelas” fazendo alterações no campo Aleátorio dentro das abas Ampliar, Rotação, e possivelmente Opacidade:

An example image

How to do slicing (multiple rectangular export areas)?

Create a new layer, in that layer create invisible rectangles covering parts of your image. Make sure your document uses the px unit (default), turn on grid and snap the rects to the grid so that each one spans a whole number of px units. Assign meaningful ids to the rects, and export each one to its own file (File > Export Bitmap (Shift+Ctrl+E)). Then the rects will remember their export filenames. After that, it's very easy to re-export some of the rects: switch to the export layer, use Tab to select the one you need (or use Find by id), and click Export in the dialog. Or, you can write a shell script or batch file to export all of your areas, with a command like:

inkscape -i area-id -t filename.svg

para cada área exportada. A opção -t diz para usar a sugestão do nome do arquivo gravada, senão, você pode fornecer o nome do arquivo de exportação com a opção -e. De outro modo, você pode usar o utilitário svgslice para automatizar a exportação de documentos SVG do Inkscape, usando ou uma camada de fatias ou guias.

Gradientes não-lineares

A versão 1.1 do SVG não suporta gradientes não-lineares (ou seja, aqueles que tem uma transição não-linear entre as cores). Você pode, entretanto, imitá-los através de gradientes com várias paradas.

Comece com um gradiente simples de duas paradas. Abra o Editor de Gradiente (ex. duplo clique em qualquer alça de controle do gradiente com a ferramenta Gradiente). Adicione uma nova parada de gradiente no meio, arraste-a um pouco. Depois adicione mais paradas antes e depois da parada do meio e arraste-as também, de modo que o gradiente fique suave. Quanto mais paradas você adicionar, mais suave o gradiente resultante. Aqui está o gradiente inicial preto e branco com duas paradas:

An example image

E aqui, vários gradientes não-lineares com múltiplas paradas (verifique-as no Editor de Gradiente):

An example image

Gradientes radiais excêntricos

Gradientes radiais não têm que ser simétricos. Com a ferramenta Gradiente arraste a alça central de um gradiente elíptico com Shift. Isto fará mover a alça de foco em forma de x do gradiente para longe do seu centro. Quando você não o mais precisar, você pode ajustar o foco de volta à sua posição arrastando-o para perto do centro.

An example image

Alinhando ao centro da página

To align something to the center or side of a page, select the object or group and then choose Page from the Relative to: list in the Align and Distribute dialog (Ctrl+Shift+A).

Limpando o documento

Muitos dos gradientes não mais usados, padrões, e marcadores (mais precisamente, aqueles que você editou manualmente) permanecem nas paletas correspondentes e podem ser usados novamente para novos objetos. Entretanto, se você quiser otimizar seu documento, use o comando Limpar pré-definições obsoletas no menu Arquivo. Assim será removido quaisquer gradientes, padrões, ou marcadores que não estão sendo usados por qualquer coisa no documento, deixando o arquivo menor.

Características escondidas e o editor XML

The XML editor (Shift+Ctrl+X) allows you to change almost all aspects of the document without using an external text editor. Also, Inkscape usually supports more SVG features than are accessible from the GUI. The XML editor is one way to get access to these features (if you know SVG).

Modificando a unidade de medida das réguas

No formato base padrão, a unidade de medida usada pelas réguas é o px ( "unidade SVG do usuário", no Inkscape é igual a 0,8pt ou 1/90 de uma polegada). Esta é também a unidade usada para mostrar as coordenadas no canto inferior esquerdo e pré-selecionada em todos os menus de unidades. (Você pode sempre pairar seu mouse sobre uma régua para ver a mensagem com as unidades usadas.) Para modificar isto, abra Configurações do Desenho (Ctrl+Shift+D) e modifique em Unidades padrões na aba Página.

Estampagem

Para criar rapidamente várias cópias de um objeto, use a estampagem. Simplesmente arraste um objeto (ou amplie-o ou rotacione-o), e enquanto mantém pressionado o botão do mouse, pressione Barra de Espaço. Isto cria uma “estampa” do objeto selecionado. Você pode repeti-lo quantas vezes desejar.

Truques da ferramenta Bezier

Na ferramenta Caneta (Bezier), você tem as seguintes opções para finalizar a linha:

Observe que enquanto o caminho não estiver finalizado (ou seja, é exibido em verde, com o segmento atual em vermelho) ele ainda não existe como um objeto no documento. Dessa maneira, para cancelá-lo, use tanto Esc (cancela o caminho inteiro) quanto Backspace (remove o último segmento do caminho não finalizado) em vez do comando Desfazer.

Para adicionar um novo subcaminho a um caminho existente, selecione o caminho e comece a desenhar com Shift Entretanto, se o que você quer é simplesmente continuar um caminho existente, Shift não é necessário; apenas comece a desenhar a partir de um dos nós finais do caminho selecionado.

Inserindo valores Unicode

While in the Text tool, pressing Ctrl+U toggles between Unicode and normal mode. In Unicode mode, each group of 4 hexadecimal digits you type becomes a single Unicode character, thus allowing you to enter arbitrary symbols (as long as you know their Unicode codepoints and the font supports them). To finish the Unicode input, press Enter. For example, Ctrl+U 2 0 1 4 Enter inserts an em-dash (—). To quit the Unicode mode without inserting anything press Esc.

Usando a grade para desenhar ícones

Suponha que você queira criar um ícone de dimensões 24x24 pixels. Crie uma lousa de 24x24 px (use Configurações do Desenho) e configure a grade para 0,5 px (linhas de grade de 48x48). Agora, se você alinha objetos preenchidos à linhas de grade pares, e objetos tracejados à linhas de grade ímpares com a espessura do traço em px um número par, e exporta-o no valor padrão 90dpi (de modo que 1 px se transforme em 1 pixel de bitmap), você obterá uma imagem bitmap clara, sem necessidade de suavização ('antialising').

Rotação de objetos

Com a ferramenta de seleção, clique em um objeto para ver as setas de dimensionamento, depois clique novamente no objeto para ver as setas de rotação e de posição. Se clicar nas setas do canto e arrastá-las, o objeto será girado em volta do centro (exibido como uma marca de cruz). Se você manter pressionada a tecla Shift enquanto faz isso, a rotação ocorrerá ao redor do canto oposto. Você pode também arrastar o centro de rotação para qualquer lugar.

Você pode também girar a partir do teclado pressionando [ e ] (em incrementos de 15 graus) ou Ctrl+[ e Ctrl+] (para 90 graus). As mesmas teclas [] com Alt executam rotação suave em proporção de pixel.

Sombras de fundo em bitmaps

Inkscape suporta o filtro "névoa Gaussiana", assim você pode fàcilmente criar sombras borradas para os objetos. Selecione um objeto, duplicar Ctrl+D, Enviar para abaixo do objeto original PgDown, mover o objeto um pouco a direita e abaixo do objeto original. Agora abrir o diálogo de Preenchimento e Traço, defina o valor do Borrão, para 5,0. Ele é isto!

Posicionando texto em um caminho

Para colocar texto ao longo de uma curva, selecione o texto e a curva juntos e escolha Pôr no caminho do menu Texto. O texto começará no início do caminho. No geral, é melhor criar um caminho explícito sobre o qual você queira ajustar o texto, em vez de ajustá-lo em algum outro elemento de desenho – isto te dará mais controle sem ter que deslocar seu desenho.

Selecionando o original

Quando você tem um texto em um caminho, um offset, ou um clone, pode ser difícel de seus objetos/caminhos fontes serem selecionados porque podem estar diretamente na camada de baixo sob outros objetos, invisíveis e/ou bloqueados. As teclas mágicas Shift+D te ajudarão; selecione o texto, offset, ou clone, e pressione Shift+D para mover a seleção entre o caminho, offset, ou o clone original correspondente.

Recuperação de janelas fora da tela

Quando transferir documentos entre sistemas com diferentes resoluções ou número de telas, você pode se confrontar com o seguinte problema: o Inkscape salvou a posição de uma janela que a coloca fora de alcance na sua tela. Simplesmente maximize a janela (que vai recuperar a visão prévia, para isto use a barra de tarefas), salve e recarregue. Você pode evitar isto por inteiro desmarcando a opção global Salvar a posição das janelas (em Configurações do Inkscape, na aba Janelas).

Exportação de transparência, gradientes e PostScript

Os formatos PostScript ou EPS não suportam transparência, logo, você não deve usá-la nunca se for exportá-la em PS/EPS. No caso de transparência lisa que sobrepõe a cor lisa, é fácil consertar isso: selecione um dos objetos transparentes; mude para a ferramenta Conta-gotas (F7); certifique-se que esteja ativado para pegar as cores visíveis sem alfa, na barra Controles de Ferramenta; clique no mesmo objeto. Isto vai pegar a cor visível e atribuí-la de volta ao objeto, mas desta vez sem transparência. Repita para todos os objetos transparentes. Se seu objeto transparente sobrepor várias áreas de cor lisa, você vai ter que quebrá-lo em pedaços e aplicar este procedimento para cada pedaço.

Exportar gradientes para PS ou EPS não funciona para texto (a menos que o texto seja convertido em caminho) ou para um traço. Da mesma maneira, uma vez que a transparência é perdida no arquivo PS ou EPS exportado, você não poderá usar, por exemplo, um gradiente que varia de um azul sólido para um azul transparente; um truque é substituir este gradiente por outro que vai de um azul sólido para uma cor de fundo sólida.